Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC (SEPEI)

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

INFLUENCIA DO ESTRESSE TERMICO NA PRODUÇAO LEITEIRA EM UMA PROPRIEDADE DA REGIAO OESTE DE SANTA CATARINA

RESUMO

O estresse térmico é o principal componente que influencia a produtividade dos animais leiteiros juntamente aos manejos reprodutivo, sanitário e nutricional. Os fatores ambientais que interferem na produção animal são a temperatura, a umidade, a radiação solar e a velocidade do vento. Uma das reações fisiológicas mais imediatas ao estresse calórico é a redução no consumo de alimentos, diminuindo consequentemente a produção e a qualidade do leite. Para determinar a influência do estresse térmico na produção leiteira foram coletados os parâmetros fisiológicos (temperatura retal, TR, frequência cardíaca, FC, respiratória, FR), ambientais (temperatura, T, e umidade relativa do ar, UR para cálculo do ITU) e volume de leite durante os meses de Outubro de 2018 a Março de 2019. Os parâmetros fisiológicos se alteram com o aumento da temperatura ambiental, principalmente a FR. O volume de leite diminui de acordo com o aumento do ITU.

Nome e CPF do acompanhante (discente ou servidor que viajará ao evento)

Carolina de Castro Santos - Servidor docente - CPF: 282.188.378-17

Arquivos

Área

DT 4 - Processos produtivos, tecnologias e tendências para o presente e o futuro

Autores

GREISON MIGUEL KUMMER, Camila Moresco, Caroline Taube, Diogo Osvaldo Caron Biffi, Larissa Peloso, Carolina de Castro Santos


{{res.msg}}