Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC (SEPEI)

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

QUANTIFICAÇAO DE COMPOSTOS FENOLICOS, CAROTENOIDES E ATIVIDADE DE RETINOL EM FRUTAS NATIVAS DO PLANALTO SUL CATARINENSE

RESUMO

A busca cada vez mais intensa da sociedade por uma vida mais saudável e natural inclui tópicos importantes como a atividade antioxidante e quantidades significativas de vitaminas, além da substituição de corantes sintéticos por naturais. Portanto, esse trabalho teve como objetivo quantificar o teor de compostos fenólicos, carotenóides e atividade de retinol em quatro frutas nativas da serra catarinense (amora preta, araçá vermelho, butiá e uvaia). Dos resultados obtidos, o butiá foi a fruta que apresentou maior quantidade de fenólicos totais (286,40 ± 17,46 mg de GAE 100g-1) enquanto que, a uvaia a maior quantidade de carotenoides, e consequentemente maior atividade de retinol (14,64 ± 2,19 mg de β-caroteno 100g-1 e 1220,14 ± 182,52 mg de vitamina A 100g-1, respectivamente). Assim, pode-se concluir que o butiá e a uvaia são as frutas presentes no planalto serrano que apresentaram maiores quantidades de compostos benéficos para a saúde, em comparação a amora preta e ao araçá vermelho. Assim, as frutas avaliadas possuem um potencial para ter atividade antioxidante, tornando um excelente ponto de partida para o aumento do cultivo, processamento industrial e comercialização dessas e outras frutas nativas.

Nome e CPF do acompanhante (discente ou servidor que viajará ao evento)

Arquivos

Área

DT 2 - Meio ambiente, tecnologias e os desafios à sustentabilidade no contemporâneo

Autores

ANA LETICIA FERREIRA, WILLIAM GUSTAVO SGANZERLA, EDUARDA LESSA ARAÚJO SOUZA, MATEUS FIGUEREDO, GABRIEL ROSA BACHEGA, ROBERTO AKITOSHI KOMATSU, ANA PAULA LIMA VEECK


{{res.msg}}