Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC (SEPEI)

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

CAPILARIDADE VERSUS GRAVIDADE NO PROCESSO DE FILTRAÇAO

RESUMO

A presente proposta consiste na investigação de um sistema de filtração de água a partir do uso de carvão ativado, baseando-se na lógica de funcionamento do filtro de barro brasileiro. Esse filtro tem seu funcionamento totalmente dependente da gravidade, de modo que a água fica armazenada na sua parte superior e, lentamente, passa por uma vela, deixando para trás suas impurezas. O principal objetivo com o desenvolvimento dessa proposta é buscar um meio de avaliar o método de filtração às condições do ambiente de microgravidade (na Estação Espacial Internacional), a fim de encontrar um meio alternativo da mesma independente da gravidade, e observar qual será sua eficácia em relação ao mesmo processo quando desenvolvido aqui na Terra sob a ação da gravidade. No experimento, o carvão será usado como agente filtrante para uma solução de azul de metileno (C16H18ClN3S) em água destilada. Na outra extremidade do recipiente ficará certa quantidade de algodão para absorver o que foi filtrado. Isso se deve à necessidade de reter o líquido para que ele não volte ao filtro. Espera-se que o filtro adaptado funcione, quando submetido à microgravidade, sob ação da capilaridade.

Nome e CPF do acompanhante (discente ou servidor que viajará ao evento)

Nome: Renata Eliza Valentini Müller
CPF: 100.810.139.73

Arquivos

Área

DT 2 - Meio ambiente, tecnologias e os desafios à sustentabilidade no contemporâneo

Autores

ISABELA DALMOLIN BATTISTELLA, RENATA ELIZA VALENTINI MÜLLER, RICARDO VINÍCIUS BRUM CENCI, ROBERTA DEBORTOLI MOREIRA, ANDREIA MEDIANEIRA PEDROLO WEBER DA SILVA, VICTOR HUGO FELIPE BERNARDES, DANIEL ECCO


{{res.msg}}