Seminário de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação do IFSC (SEPEI)

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


TÍTULO

AVALIAÇAO DO CAPIM ELEFANTE ANAO (PENNISETUM PURPUREUM) CV. KURUMI, SUBMETIDO A DIFERENTES DOSES DE NITROGENIO

RESUMO

A agricultura familiar desempenhada no Planalto Norte Catarinense tem por base a
fumicultura, contudo a bovinocultura de leite baseada a pasto apresenta elevado
potencial para substituir esta atividade. Com o objetivo de testar a resposta produtiva
do capim elefante anão (Pennisetum purpureum) cv. Kurumi à diferentes doses de
nitrogênio oriundas de fonte de adubação orgânica (cama de peru), foi realizado um
experimento no município de Irineópolis/SC. Os tratamentos foram aplicados no dia
05 de outubro de 2018. As avaliações das variáveis produtivas (altura do dossel,
comprimento total da lâmina foliar por perfilho e acúmulo diário por perfilho) foram
realizadas entre 19 de outubro a 29 de novembro de 2018. Foram testados quatro
tratamentos: T1 – sem adubação; T2 – 50 kg de N; T3 – 100 kg de N e; T4 – 150 kg
de N. As variáveis foram submetidas à análise da variância e testados os modelos
de regressão, através do procedimento lsmeans do programa estatístico SAS®. As
variáveis medidas se ajustaram ao modelo de regressão quadrática, em que as
doses de N via adubação orgânica para a maior altura do dossel, maior comprimento
total de lâmina foliar por perfilho e maior acúmulo diário por perfilho foram
respectivamente, 106,12; 122,30 e 141,14 kg de N por hectare. Considerando que o
bovino em pastejo consome preferencialmente lâminas foliares e essa está
relacionada a altura do dossel, as estudantes extensionistas puderam indicar o uso
de doses de adubação orgânica que preconize a máxima produção do pasto.

Nome e CPF do acompanhante (discente ou servidor que viajará ao evento)

Jhenyffer Lohana Cordeiro Matias
CPF: 113.961.719-24

Arquivos

Área

DT 2 - Meio ambiente, tecnologias e os desafios à sustentabilidade no contemporâneo

Autores

MAYANA HENDLER PEREIRA


{{res.msg}}