Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

EQUOTERAPIA COMO RECURSO PEDAGÓGICO, TERAPÊUTICO E DE INCLUSÃO SOCIAL NO SUDESTE GOIANO

Resumo

Pensar o homem em suas múltiplas dimensões, suas relações e interrelações com o outro, e com o meio, constitui-se em desafios à condição e promoção do desenvolvimento humano e social Este Programa de Extensão, executado em parceria com diferentes agentes públicos, a partir de março de 2015, busca implementar a Política Nacional de Saúde da Pessoa com Deficiência, nos âmbitos do Instituto Federal Goiano e comunidade, protegendo a saúde, reabilitando a capacidade funcional, e contribuindo para inclusão social. A Equoterapia promove a inclusão de deficientes físicos e mentais, favorecendo o desenvolvimento biopsicossocial. Trata-se de método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo em abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação. A metodologia prevê quatro fases: hipoterapia, educação, pré-esportivo e esportivo. A equipe de profissionais, em abordagem multifatorial, objetiva habilitar, reeducar e reabilitar, priorizando pessoas que estejam em situação de vulnerabilidade social. Os discentes do Campus Urutaí, no âmbito do Centro Integrado de Equoterapia de Urutaí, podem atuar como bolsistas em projetos de extensão ou pesquisa, estagiários, monitores ou voluntários. O Centro também é foco de implementação de programas voltados à educação ambiental e empreendedorismo social, onde os envolvidos são capacitados por meio de palestras, oficinas, rodas de conversa, eventos e cursos de formação inicial ou continuada. A melhora do quadro clínico, a capacitação, e inserção no mercado de trabalho dos praticantes, e a capacitação de discentes e docentes do Instituto Federal Goiano, são resultados já alcançados.

Área

Como pensar a aprendizagem hoje: currículos inovadores e o trabalho em rede

Autores

EDUARDO DE FARIA VIANA, Gilson Dourado da Silva


{{res.msg}}